Archive by Category "Gastronomia & Vinhos"

Enoturismo

Enoturismo

Através das rotas dos vinhos de Portugal pode fazer excelentes passeios e conhecer um prazer aperfeiçoado ao longo dos tempos.

Com efeito, sabe-se que pelo menos na época do Império Romano o vinho já era amplamente cultivado em Portugal.

A sua produção passou muitas fases ao longo do tempo, mas vale a pena destacar a data de 1756, em que o Marquês de Pombal criou a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, com a função de delimitar a 1ª região demarcada do mundo, registar as vinhas e classificar os vinhos de acordo com a sua qualidade.

Rota dos Vinhos Verdes

Rota do Vinho Verde Alvarinho

Rota do Vinho do Porto

Rota da Bairrada

Rota dos Vinhos da Península de Setúbal

Rota do Vinho do Alentejo

Vinho Madeira

Espumante

Vinho verde tinto

Rotas/Passeios de BTT

Read more

Sabores

Portugal tem uma gastronomia tão rica e variada como a sua paisagem.

O mar imprime a característica mais marcante da culinária portuguesa.

Saboreie um peixe grelhado, sempre fresquíssimo, tal como o marisco que abunda em todo o litoral, e terá a certeza de que está em Portugal.

Cataplanas, caldeiradas são outras formas acertadas de degustar o nosso peixe e marisco.

Quanto a pratos de carne, em todo o país pode experimentar o cozido à portuguesa, que mistura carnes, legumes e enchidos variados, cozidos de forma suculenta. Existem excelentes carnes D.O.P. de norte a sul de Portugal, seja de vitela, de porco ou de cabrito.

Os legumes e as frutas conservam o sabor natural, alguns com origens D.O.P., e outros provêm de produções de tipo biológico.

O azeite português, de grande qualidade, está sempre presente e integra todos os pratos, incluindo as receitas de bacalhau (dizem que há 1001!), que somos exímios na forma de preparar e apreciar.

Para cada prato existe um vinho certo. Em todo o país é produzido vinho, desde os tintos de mesa do Douro, do Alentejo e tantos outros que merecem distinção. Como os verdes do Minho!

E os queijos! Basta referirmos o Serra, mas todos os do Centro de Portugal, do Alentejo ou dos Açores são deliciosos.

Os doces, com raízes nos conventos onde eram preparados, fazem-nos “dar graças aos céus”. Sem deixar de provar um pastel de nata, que vai sempre bem com um café.

Para terminar prove um Porto ou um Madeira, vinhos generosos que há séculos nos representam em longínquas paragens.

Ou então brinde com um excelente espumante produzido em Portugal.

Read more